CAROLINE RONCONI

NEWSLETTER

Receba as publicações do site!

 

COLUNA ALE CASTRO: Dinheiro x Qualidade de vida

COLUNA ALE CASTRO

27 de outubro de 2017

Uma ótima sexta-feira meninas e mulheres antenadas!

Informação vale ouro! Por isso escrevo essa coluna, para que as informações compartilhadas aqui ganhem o maior alcance possível. O assunto hoje é bastante importante: qualidade de vida e dinheiro. Você não necessariamente precisa ser milionária para dizer que tem uma ótima qualidade de vida e também não deve rotular qualidade de vida como o acúmulo de coisas caras compradas sem o menor critério.

Do meu ponto de vista, qualidade de vida é quando você pratica o autoconhecimento e obtém a resposta para saber exatamente do que precisa para viver. Se você pratica o autoconhecimento e sabe que preza por exemplo por uma vida confortável, com oportunidades de viagens e outras facilidades, há de se entender que para isso é necessário a formação de um certo patrimônio ou reserva de emergência a longo prazo para que você possa manter essa qualidade de vida idealizada. Já outras pessoas são mais adeptas de um lifestyle que não demande grandes valores, e assim também consideram isso como qualidade de vida. E a ponte que garantirá essa qualidade de vida “low profile” ou “badalada” resume-se em PLANEJAMENTO.

Pensando num horizonte de médio a longo prazo a palavra planejamento cai muito bem e o consumo impulsivo sem critérios destoa totalmente dos seus objetivos. Se para uma pessoa qualidade de vida é estar mais próxima da família, ter horários flexíveis e trabalhar com o que gosta, planejamento é a palavra certa. Você mulher que está com esse tipo ideia rondando a mente, reflita bem sobre isso e o quanto está disposta a abdicar de padrões consumistas para chegar ao patamar de qualidade de vida idealizado. Garanto que é libertador poder empregar seu dinheiro em outras coisas ao invés de gastar só com roupas por exemplo.

Então finalizo a coluna de hoje com essa dica master: seja você a dona da sua vida e das suas escolhas, planeje dentro do possível seus próximos passos e o que é preciso fazer para chegar lá; não deixe para pensar nisso somente quando tiver um determinado valor acumulado. Faça o dinheiro trabalhar para você desde já!

 

Beijos e até a próxima semana!

Ale Castro

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR!

COLUNA ALE CASTRO: Como congelar seus gastos em 5 passos!

COLUNA ALE CASTRO

15 de setembro de 2017

Olá meninas…

Vamos aprender hoje dicas práticas de como congelar os gastos?! Quem já passou pelo momento do consumo desenfreado sabendo que não podia gastar, sabe como é difícil congelar os gastos nessa hora. A pressão psicológica é grande e então surge o conflito interno. Pensando nisso, as dicas de hoje são super praticáveis! Vamos conhecê-las?!

1- LEVE DINHEIRO NA CARTEIRA AO INVÉS DE CARTÕES DE CRÉDITO

Um cartão de crédito na carteira é válido se você tiver muita disciplina e for extremamente madura para lidar com as tentações de consumo.  Mas, se este não é seu caso, levar dinheiro na carteira te mostra exatamente o que você pretende (ou pode) gastar.

2- RESISTA À TENTAÇÃO DE GASTAR QUANDO SABE QUE NÃO DEVE GASTAR

Aprenda a substituir o passeio no shopping por momentos de aprendizado na internet. Eu sei que dói, mas vale a pena o sacrifício mediante a meta que você quer atingir. Vale assistir vídeos sobre coach, programação neurolinguística, finanças pessoais e até vídeos que ensinam sobre versatilizar looks. E, vamos combinar, que aprendizado é um investimento certeiro!

3- ANOTE TODOS OS SEUS GASTOS

Seja no computador, num caderninho ou até no aplicativo Guia Bolso. Dá pra você tomar aquele choque de realidade e ver se o seu dinheiro está indo embora e de que forma isso está acontecendo.

4- PRATIQUE ATIVIDADES ESPORTIVAS

É cientificamente comprovado que a prática de atividades físicas nos dá prazer e, melhor ainda, nos deixam focados para nossos objetivos. Você já tem sua atividade física predileta? Eu amo fazer caminhadas, me dá um foco incrível! Então bora dar tchau pro sedentarismo já!

5- TENHA METAS CLARAS PARA O USO DO DINHEIRO

Não queira ter metas apenas por tê-las. Idealize a viagem dos sonhos, independência financeira ou um tão sonhado intercâmbio. Querer ter metas apenas por tê-las gera insatisfação e a disciplina passa a perder sentido.

 

Pensem bem sobre essas dicas, pequenas mudanças ou correções em velhos hábitos são mais que bem-vindas e merecem ser compartilhadas. Então, que tal compartilhar o texto de hoje? Aguardo vocês para a próxima postagem!

Beijos,

Ale Castro

 

 

 

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR!

JÁ PRO CLOSET!

Bota de veludo

Dries Van Noten

Óculos de sol

Miu Miu

Loafer

Gucci

Perfume Beige - Extrato

Chanel

Bolsa Dragon

Gucci

Bota Wonderland

Louis Vuitton

INSTAGRAM: @caroline.ronconi