CAROLINE RONCONI

NEWSLETTER

Receba as publicações do site!

 

COLUNA ALE CASTRO: Está cansada do emprego atual? Entenda como a organização das suas finanças pode te ajudar a dar um grande salto na vida!

COLUNA ALE CASTRO

6 de outubro de 2017

Oi meninas!

Hoje a dica vai para aquelas mulheres que querem mudar de carreira ou até mesmo empreender. São dois passos importantes em nossa vida e que requerem planejamento e foco. E então, onde a organização das finanças pessoais se encaixam nisso?

MUDANDO DE CARREIRA

Se você pretende mudar de carreira, primeiramente precisa saber qual tipo de formação deve especializar-se: cursos técnicos específicos, idiomas, entre outros. Cursos costumam ser caros e por isso é interessante que você se planeje para sobrar um valor ideal todos os meses, para que então possa custear sua especialização e mudar de carreira. Porém, mesmo com uma especialização já engatilhada o início em uma nova carreira pode não garantir um salário alto em um primeiro momento, por isso as finanças em casa devem estar equilibradas para suprirem esse salário até que o patamar desejado seja alcançado. Por outro lado, se o seu desejo é empreender o foco deve ser maior ainda. Se você está disposta a investir e trabalhar com o que realmente gosta e dizer adeus ao vínculo empregatício, preste atenção nas dicas a seguir:

EMPREENDENDO

1. Regra número 1: planejar sempre. O planejamento para tudo deverá ser o mantra da sua vida a partir do momento que você desejar empreender. Planejamento para investir em melhorias, estudos, consultorias e principalmente controlar os gastos, já que o salário mensal não virá com tanta frequência num primeiro momento. Um planejamento bem feito, pensando em todos os detalhes, vale ouro;

2. Tenha certeza do que realmente quer. Você está preparada para viver sem um salário mensal e disposta a enfrentar dificuldades para que seu sonho se concretize? Pense nisso;

3. O tempo vale ouro! Quanto mais cedo você puder ir alicerçando essa mudança para fazer o plano B virar o plano A, melhor será;

4. Imprevistos ocorrem e ter uma grana guardada pra te dar um suporte nesse momento de mudança radical é fundamental. Por isso, antes de dizer “tchau” ao seu emprego atual reduza seus gastos mensais ao máximo que puder;

5. Imagine como é libertador receber todos os direitos trabalhistas (valor de rescisão, FGTS, seguro-desemprego) e não ter que disponibilizar parte desse dinheiro recebido para pagar dívidas adquiridas por conta de momentos de impulso;

6. Controle os gastos mesmo quando seu negócio estiver fluindo bem. Não deslumbrar-se com a entrada de dinheiro é a dica perfeita.

Então meninas, espero que tenha ajudado vocês com essas dicas, já que o mercado de coaching anda explorado bastante o momento empreendedor na vida das pessoas e transição de carreira também visando qualidade de vida e flexibilidade. Entenderam como a reserva de emergência pode fazer a diferença na vida de vocês? Absorvam essas dicas, compartilhem e coloquem em prática conforme sentirem necessidade. Aguardo vocês para o próximo texto!

Beijos,

Ale Castro

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR!

COLUNA ALE CASTRO: Desvendando o mundo dos investimentos

COLUNA ALE CASTRO

23 de junho de 2017

Olá!

Espero que tenham passado bem a semana. Chegou o dia de mais um artigo aqui na coluna!

Já pensou em ser sócia de uma grande empresa ou já ouviu falar em investir na BOLSA DE VALORES? Assim começa o investimento em Ações! Você torna-se sócia da empresa comprando seus lotes de ações. Parece um pouco complexo no início, mas aos poucos você vai se adaptando. Como você possui um lote de ações, seja grande ou pequeno, esse seu investimento está sujeito a todas as variações existentes no cenário econômico, podendo implicar em perdas ou ganhos. E mesmo sendo um sócio minoritário os lucros estão presentes também se você optar por investir em ações. Entenderam agora porque o perfil arrojado é o mais adequado para esse tipo de investimento?

Você pode lucrar se comprar um lote de ações com valor baixo e depois vendê-lo por um preço superior. Esse tempo de venda pode ser dias, meses, anos após a compra ou então no mesmo dia, o chamado DAY TRADE. Por isso a projeção para longo prazo é a mais indicada, pois você espera a valorização das ações até que alcancem um valor ideal para venda e enquanto isso vai ganhando os lucros que as empresas distribuem trimestralmente e acumulando os dividendos que podem ser reinvestidos.

Agora se você é avessa total a riscos, o investimento do momento é o Tesouro Direto ou a chamada Renda fixa, muito indicada para os conservadores de plantão. É por meio do Tesouro Direto – programa do Tesouro Nacional lançado em Janeiro de 2002 em parceria com a BM&FBovespa – que o investidor pessoa física pode aplicar em papéis da dívida pública federal pela internet. Você vai emprestar dinheiro para o Governo e receber juros por isso. Não é o máximo?! É o investimento ideal para quem quer juntar dinheiro para uma viagem, formar uma reserva de emergência ou até programar-se para sua aposentadoria ou independência financeira. Com valores entre R$ 30 e R$ 50,00 você já pode dar o pontapé inicial! Existem algumas modalidades de Tesouro Direto para você escolher e iniciar seus investimentos corretamente, mas essas especificações abordarei em outro post. Enquanto isso você já pode começar a fazer suas pesquisas.

Agora se você quer arriscar um pouco, mas não está disposto a muitas perdas, os Fundos Multimercados sãos os mais indicados para um perfil Moderado. Esses Fundos geralmente mesclam sua composição entre ações e renda fixa, dessa forma um cenário neutraliza o outro.

Gostaram da dica? O post de hoje ficou bem explicativo, na tentativa de clarear suas ideias e possíveis dúvidas sobre a dinâmica das opções de investimentos. Comecem hoje mesmo a traçar as estratégias para chegar às suas metas e aguardem a próxima publicação!

Beijos

Ale Castro

 

 

 

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR!

COLUNA ALE CASTRO: Como multiplicar o dinheiro que poupo?

COLUNA ALE CASTRO

9 de junho de 2017

Essa é a pergunta que dezenas de especialistas em finanças respondem! Mas antes de sair por aí procurando o que vai te render mais, primeiramente você tem que conhecer-se e muito bem e depois traçar sua estratégia, seja ela para curto, médio ou longo prazo. Os perfis podem ser definidos como:

  1. CONSERVADOR: avesso total a riscos;
  2. MODERADO: para quem gosta de arriscar, porém com certa segurança;
  3. ARROJADO: para quem gosta de arriscar lucros altos e está disposto a se expor a riscos. Ou seja, altos ganhos, mas com perdas também.

Você pode escolher um desses perfis ou então diversificar seus investimentos. Ou seja, garantir segurança de um lado, protegendo-se de perdas, e de outro ganhando um pouco mais.

Assim funciona o cenário de investimentos pra você que está aqui semanalmente aprendendo como se constrói um patrimônio de forma inteligente. Vá pensando sobre o assunto durante a semana, analisando direitinho seu perfil. E aguarde-me para o próximo post, pois vamos conhecer as principais formas de investimento.
Gostaram da ideia? Nos encontramos aqui semana que vem!

Beijos

Ale Castro

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR!

JÁ PRO CLOSET!

Bota de veludo

Dries Van Noten

US$ 593

Óculos de sol

Miu Miu

R$ 1869,00

Loafer

Gucci

R$ 2.895,00

Perfume Beige - Extrato

Chanel

R$ 1.405,00

Bolsa Dragon

Gucci

R$ 9.060,00

Bota Wonderland

Louis Vuitton

R$ 5.200,00

INSTAGRAM: @caroline.ronconi